jc

Rejuvenescimento facial

Uma das maiores preocupações do público feminino é manter o rosto jovial pelo maior prazo possível. Afinal, ele é considerado o cartão postal da nossa imagem. O tratamento global da face é o principal enfoque da dermatologia moderna, o que significa não mais tratar uma ruguinha ou outra, mas sim olhar o rosto em sua totalidade, considerar todas as técnicas disponíveis e buscar em cada técnica sua melhor indicação e benefício. O resultado é um rejuvenescimento com harmonia, naturalidade e equilíbrio facial.

As necessidades da pele envelhecida compreendem os 3R´s: renovar a pele, relaxar os músculos, e recuperar o volume e redefinir os contornos faciais. O envelhecimento natural e intrínseco provoca mudanças na aparência do rosto como, por exemplo, perda de volume e do contorno facial, flacidez, surgimento de sulcos, rugas e manchas.

Estas alterações são maximizadas por fatores ambientais, principalmente pela ação do fotoenvelhecimento (causado pelo sol), tornando a pele mais grossa e seca ou manchada. Pelo aparecimento de rugas, primeiramente as de expressão, e também pela perda do colágeno natural da pele, resultando em flacidez. Já a diminuição do ácido hialurônico natural – cuja função é reter água, hidratando e conferindo volume à pele – provoca a redução de volume. Com isso, a pele murcha, formando sulcos mais profundos, as rugas estáticas e as sombras características da face envelhecida.

Para retardar o envelhecimento do rosto, o primeiro passo é renovar a pele. Isso significa tratar as manchas que se formam ao longo dos anos, atenuar as rugas mais superficiais e recuperar a firmeza do rosto. Os lasers e peelings químicos ou de cristal são os tratamentos mais indicados para esta finalidade. Eles atuam recuperando a qualidade e a uniformidade da pele, estimulam a produção de colágeno e a recuperação celular. O peeling e o laser provocam uma descamação da epiderme, fazendo com que surja uma camada mais nova e saudável, sem rugas ou manchas.

O segundo passo é relaxar os músculos.  Para isso, o tratamento mais indicado é o uso da toxina botulínica, pois contribui para reeducar a mímica facial, elevar a sobrancelha e prevenir o aparecimento de novas rugas. Quando aplicada, a substância atua relaxando o músculo e amenizando o efeito das rugas, principalmente, da testa, da glabela (região entre as sobrancelhas) e dos pés-de-galinha. A aplicação da toxina botulínica deve ocorrer a cada quatro ou seis meses, prazo de duração da substância.

Por fim, utiliza-se o ácido hialurônico ou a hidroxiapatita de cálcio para repor a perda do volume e redefinir os contornos faciais, bem como preencher as rugas mais profundas e estáticas.  O rosto jovial tem volume, contornos bem definidos, luminosidade e uniformidade. Por isso, não basta apenas tratar as rugas e sulcos.

© 2020 Clí­nica Esbelta – Medicina Integrada Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por SUPREMA COMUNICAÇÃO INTEGRADA

Back to top