Lifting líquido: nova técnica une lifting e preenchimento



Com o passar dos anos, a pele do rosto vai perdendo a sustentação, a tonicidade, e os sinais de envelhecimento se tornam visíveis. Atualmente, a medicina oferece vários recursos para amenizar as rugas, sulcos e flacidez, garantindo um efeito mais jovial. Além de opções cirúrgicas, existem tratamentos não invasivos com efeito imediato. É o caso dos liftings e preenchimentos. Uma nova técnica, no entanto, uniu os dois procedimentos em um só: o lifting líquido.

De acordo com a dermatologista Joana Costa, da Clínica Dermatológica Joana Costa, o procedimentos é uma técnica de lifting não cirúrgico que possibilita um resultado natural com menor custo. “Consiste em uma combinação única de medicamentos injetáveis, absorvíveis, para recuperação do volume e juventude da face”, explica a especialista.

O lifting líquido é indicado para rejuvenescimento da face, correção de olhos encovados, aumento e realce das maçãs, atenuação das rugas e melhora da textura de pele. Tem duração de 12 a 24 meses.

Baseado na aplicação de preenchedores selecionados de acordo com a necessidade da pele de cada paciente, o lifting líquido é cuidadosamente preparado. Após o uso de anestésicos locais, a aplicação é feita por meio de cânulas. “Os produtos são colocados no subcutâneo (camada de gordura da face) e realocados nos locais de maior necessidade de acordo com o biotipo do paciente”, diz Joana Costa.

A técnica possibilita resultados imediatos que melhoram com o tempo devido ao estímulo de colágeno. É recomendada para homens e mulheres com mais de 30 anos que não queiram passar por tratamentos invasivos, mas procuram resultados reais e naturais. A aplicação dura cerca de 30 minutos e é feita em consultório.